Daniel: "O menino da porteira” e “Adoro amar você”, músicas mais gravadas pelo artista na carreira



Intérprete com uma voz singular, Daniel é um dos representantes da música sertaneja no país. O artista completa 55 anos neste sábado, dia 9, e o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) preparou um levantamento sobre as canções interpretadas por ele e que marcaram a sua carreira. 

"O menino da porteira” e “Adoro amar você” foram as músicas que Daniel mais gravou como intérprete até o momento. O artista tem 1.075 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. Dessas, a mais tocada no Brasil nos últimos 10 anos foi “Inevitavelmente”, de autoria de César Lemos, Edu Valim e Renan Valim. No top 3, também estão suas versões de “Tantinho”, de Carlinhos Brown, e “Meu mundo e nada mais”, de Guilherme Arantes, na segunda e terceira posições.  

Daniel recebe rendimentos referente à execução pública de suas canções no Brasil porque isso é garantido pela Lei dos Direitos Autorais (9.610/98). Para isso, locais e canais que utilizam música publicamente, como rádios, TVs, cinemas, estabelecimentos comerciais, plataformas digitais, casas de festas, shows e outros locais de frequência coletiva precisam efetuar o pagamento pelo licenciamento musical ao Ecad.   

O Ecad é o elo que conecta compositores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos aos canais e espaços nos quais a música toca e emociona as pessoas. É uma instituição privada, sem fins lucrativos e administrada por sete associações (Abramus, Amar, Assim, Sbacem, Sicam, Socinpro e UBC), às quais compositores e artistas nacionais e estrangeiros devem ser filiados para fazer parte da gestão coletiva no Brasil. Por meio delas, o Ecad recebe as informações de cadastros de suas obras e gravações para fazer a identificação musical e a distribuição dos direitos autorais.  

Fonte: R7