Bruno e Marrone se envolvem em polêmica com cachê e tem show cancelado pela Justiça



Bruno e Marrone sempre estão envolvidos em polêmicas. A dupla, que agora cultiva o ódio de boa parte os fãs de Eduardo Costa por “roubar” o lugar do cantor sertanejo no “Cabaré“, está envolvida em mais uma confusão com a chamada CPI do Sertanejo e teve um show cancelado por causa do cachê altíssimo.

Apoiadores de Bolsonaro, Bruno e Marrone já se envolveram em várias situações que deram o que falar na internet. A mais recente delas foi um caso de humilhação durante uma live ao lado de Leonardo, onde Bruno voltou a provocar o parceiro de dupla e gerou revolta nos fãs.

Parceiros há mais de 35 anos, Bruno e Marrone já tiveram comportamentos que acabaram incomodando os fãs, e não ficam muito tempo longe dos holofotes. Bruno, por exemplo, chegou a posar com um foragido da Polícia recentemente. Embora pareçam não ligar muito para os julgamentos, algumas atitudes acabam desgastando a imagem da dupla sertaneja com o público.

Teve também uma apresentação em que Bruno subiu completamente bêbado na Fenamilho, festa tradicional da cidade de Patos de Minas, onde nem sequer aguentou terminar o show. Após a exigência dos fãs que pediram o dinheiro de volta após o vexame, o sertanejo usou suas redes sociais, negando estar sob efeito de álcool na ocasião e se justificou afirmando que tomou um remédio muito forte no dia.

O machismo também se viu muito presente na carreira da dupla sertaneja, tendo ofendido mulheres brasileiras em um show nos Estados Unidos e a comparado a piranhas, além de várias outras piadas em shows que deram o que falar. Além disso, são apoiadores de Bolsonaro e sempre elogiam o Presidente da República nos eventos que participam.

Em uma live, Bruno disse que Bolsonaro melhorou o Brasil e chamou o presidente de honesto. Marrone aproveitou a ocasião para dizer que gostava de Bolsonaro. Logo em seguida Bruno terminou dizendo: “Não quero saber saber se você gosta do Lula, da pu** que pa***, não quero saber. Eu gosto do Brasil, gosto de pessoas honestas”.

Em meio a tantas polêmicas, Bruno e Marrone têm mais uma para a conta: eles tiveram um show cancelado pela Justiça no interior do Amazonas por causa do cachê excessivo. Veja detalhes abaixo.

Além de todas essas polêmicas, um áudio vazado de um empresário diz que Bruno e Marrone se odeiam, mas seguem sua agenda de shows normalmente para conseguir os lucros milionários que ganham todos os meses. Aliás, essa agenda está gerando polêmicas agora que a dupla sertaneja teve um show cancelado após determinação da Justiça.

De acordo com o site O Antagonista, Bruno e Marrone tiveram um show cancelado na cidade de Urucurituba, no Amazonas, por ordem do STJ. O cachê da dupla sertaneja seria de R$ 700 mil e supostamente seria pago com dinheiro de verba pública.

“Há escolas inacabadas. As ruas da cidade encontram-se em péssimo estado, inclusive a rua principal, defronte ao Rio Amazonas, que está com trecho erodido há mais de 30 dias, sem conserto. Apenas 23% da população conta com tratamento de esgoto”, disse Humberto Martins, presidente do STJ.

“Ainda que não se olvide da importância e relevância da cultura na vida da população local, a falta de serviços básicos em tamanha desproporção, como no caso dos autos, provoca um objetivo desequilíbrio que torna indevido o dispêndio e justificada a cautela buscada pelo MP”, completou.

Fonte: Movimento Country