Enzo, fenômeno mirim do sertanejo, cita Superman em sofrência sobre Marvel.



Continuo acompanhado com muita alegria a carreira meteórica de Enzo Rabelo, o mais novo fenômeno da música popular brasileira. Aos 10 anos, o filho de Bruno, a metade que costuma cantar na dupla com Marrone, já possui vários milhões de visualizações de seus hits no YouTube.

O sertanejo dolente que fascinou multidões nos blockbusters "Meio Caminho Andado" e "Tijolinho por Tijolinho" segue em alta no mais novo lançamento, a sofisticadíssima "Contrato da Marvel". "Se eu fosse um super-herói escolhendo um poder, escolheria poder te ter", começa a canção, como se fosse um tiro de raio laser de algum agente da SHIELD completamente apaixonado. "Lançar super beijinhos, rajadas de amorzin.

As referências diretas a personagens dos filmes e quadrinhos acabam enfraquecendo um pouco o mote principal proposto no título da música. "Não solto teia no ar, não tenho super poder, mas eu faria a Mary Jane ter inveja de você", canta em evidente aceno ao Homem-Aranha, cuja participação no universo cinematográfico da Marvel está por um fio. No erro mais grosseiro, ainda há um trecho sobre o principal herói da Distinta Concorrência. "É que eu não sei voar, não sou nenhum Superman, mas com certeza a Lois Lane te invejaria também". Faltou bagagem cultural, infelizmente. Superman é de outra editora, a DC, que pertence à Warner. Mas a gente perdoa, pois é uma criança cantando.

Fonte: UOL